3 competências essenciais para garantir a sua empregabilidade

Saiba o que fazer com a sua carreira para não ser trocado por uma máquina e garantir sua empregabilidade

*****

Rumo à era das máquinas

Sabe o que um médico anestesista, um piloto de avião e um contador têm em comum?

Talvez você diga “ah, eles são profissionais que não podem errar”. Sim, isso é uma grande verdade, mas existe algo a mais: Eles são profissionais que correm um sério risco de não terem mais trabalho a partir de 2030!

Sabe por quê?

Porque essas são algumas das profissões onde, segundo os especialistas, os humanos serão substituídos por máquinas!

Provavelmente, nessa hora, você diga: O que eu faço não tem nada a ver com essas profissões, não preciso me preocupar.

Será mesmo?

Inteligência artificial e impressoras 3D já são uma realidade e certamente elas podem impactar diretamente na sua carreira.

.

Uma nova realidade artificial

É loucura achar que as mudanças tecnológicas não vão impactar no seu trabalho porque, com certeza, elas vão.

Se você não quer simplesmente perder o seu posto para um robozinho, ou para um software que faz o seu trabalho 100 vezes mais rápido do que você, perceba que o mais importante é você lidar com esta nova realidade.

Há 10 anos, ninguém poderia imaginar negócios como Uber, Amazon e Airbnb transformando tão drasticamente a rotina das pessoas.

Hoje, por exemplo, um algoritmo relativamente simples, consegue revisar contratos jurídicos com mais velocidade e mais precisão do que um advogado experiente.

A inteligência artificial Watson da IBM já consegue diagnosticar o câncer com a mesma precisão de um médico e consequentemente isso vai transformar o modelo de gestão de saúde no mundo todo.

Ou seja, essa revolução das máquinas é um fato.

.

Como não ser substituído por uma máquina

O que fazer para ser um profissional reconhecido, respeitado e disputado, qualquer que seja a sua carreira?

O que fazer para não perder o seu emprego para um robô?

A resposta para essa questão é relativamente simples:

.

Máquinas não sentem

Máquinas não trocam emoções, pelo menos por enquanto…

Por isso, ao desenvolver suas habilidades emocionais, você se torna insubstituível por uma máquina.

Quantos de nós teríamos a coragem de deixar os nossos filhos sendo cuidados por um robozinho? Se você é uma babá cuidadosa e eficiente certamente nenhuma mãe vai te substituir.

O mesmo acontece com os cuidadores de idosos.

Tudo bem, você vai dizer: Mas eu não sou uma babá e nem um cuidador! Ok, mas entenda que a sua empregabilidade no futuro depende da mesma lógica: fortalecer as relações afetivas!

Pessoas precisam de cuidado, de carinho, de atenção.

Pessoas querem ser ouvidas, compreendidas e querem sentir que são importantes.

E as pessoas que possuem essas competências que envolvem a inteligência interpessoal saem na frente.

Sobretudo, líderes que entendem as pessoas não ficam obsoletos.

Pessoas querem interagir com pessoas e não apenas com máquinas!

.

3 competências essenciais para garantir sua empregabilidade

Se você quer protagonizar a sua carreira, comece fortalecendo essas 3 competências:

  • Competência 1: Capacidade de aprender a aprender

Eu chamo isso de ter um mindset progressivo, não ter medo de assumir o que não sabe.

Mas, ao contrário: ser plenamente capaz de reconhecer o que não sabe e ir atrás do conhecimento, de aprender.

Pessoas que fazem isso têm a tecnologia como aliado e não como inimigo.

  • Competência 2. Desenvolver o Lócus de Controle Interno

Ter a atitude de assumir 100% da responsabilidade por seus resultados.

Criar um verdadeiro mantra de que: “Eu sou o único responsável pelos meus resultados, pela minha carreira e pela minha vida.”

Pois, em um mundo onde a racionalidade das máquinas está cada vez mais presente, simplesmente não vai haver espaço para pessoas que terceirizam a responsabilidade ou que buscam culpados ao invés de procurarem soluções para os seus problemas.

  • Competência 3: Inteligência emocional

Aprender a se conhecer e a reconhecer as suas emoções.

Entenda o seguinte: Diante das máquinas, o mundo corporativo não estará preocupado com os seus problemas e sim com a sua capacidade de solucionar os problemas complexos que envolvem as emoções humanas.

Então, aprenda a se automotivar, porque ninguém precisa fazer palestras para uma máquina entregar os seus resultados.

Aprenda a lidar com as pessoas, afinal será uma grande derrota se a sua equipe perceber que trabalhar com você é menos humano do que trabalhar com um robô.

.

Por fim, agora é começar a colocar em prática cada uma destas competências e garantir a sua empregabilidade.

Se você quer continuar sendo visto e reconhecido como líder e como profissional, aprenda, cada vez mais a falar a linguagem do coração, afinal esse é o campo onde a máquina não entra.

Ao menos, por enquanto…

Bora lá!


A Como Fazer Coaching

Nestes meus mais de 25 anos de carreira em que tive a chance de desenvolver mais de 50.000 pessoas, eu pude ver na prática como o Coaching é uma ferramenta poderosa, que efetivamente transforma vidas. Com base nessa experiência, idealizei o programa Como Fazer Coaching, a melhor e mais completa Formação em Coaching e Liderança focada no mercado corporativo e no desenvolvimento de pessoas. Fale com a gente para ter mais informações. Seja um Coach e um Líder Coach que transforma vidas!

Flavio Lettieri e Equipe Como Fazer Coaching

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de atendimento está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
Olá, como posso ajudar?

Novidades

LIDERANÇA

Receber Notificações